6.3.11

Esqueci-me do que significa.



Não me lembro de como é e era, de como me punha, de como me demonstravas, de como te sentias, de como me destroçava ou de como me fascinava. Esqueci-me de como é amar e ser amada, talvez porque te foste embora quando quis negar o amor que sinto por ti, mas era tão difícil de perceber que em vez de 'vai' o que eu queria mesmo dizer era 'eu preciso de ti comigo'?
Não sei se ainda acredito no amor, talvez por não me querer apaixonar de novo por ter medo.

8 comentários:

  1. Adoro as fotografias, espero que coloques mais e mais!
    (Refiro-me às da tua autoria, mesmo às do separador)
    Parabéns

    ResponderEliminar
  2. Obrigada princesa :$
    Para quando o capítulo 9? :D

    Adorei! *.*

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. tu sim és uma querida , ainda bem que gostas-te !
    percebo perfeitamente este texto, talvez me identifique com ele , já passei pelo mesmo!
    Mas vai ter de haver o dia em que tenhas de arriscar, pois uma vida sem risco de "cair" não te mostrará o verdadeiro sentido da mesma !
    força (:

    ResponderEliminar
  4. Olá! Mais uma vez, muito obrigada pelo teu comentário no meu blog! :D Eu gostei especialmente deste teu post, embora goste de todos os outros porque sei o que é isso que sentes... tenho é que te dizer que isso faz parte da vida, dizer "não" quando queremos "sim" ou "vai" quando queremos dizer "fica". Portanto, esse sentimento talvez de culpa não te é benéfico e se pensas que essa eventual relação pode magoar-te... nunca mais poderás ser feliz. :) beijinho grande!

    ResponderEliminar
  5. não tens que agradecer, já senti na pele o que estás a passar, tens é de ser optimista e sobretudo dares uma chance ou hipótese a ti mesmo de te voltares a apaixonar*
    beijinho

    ResponderEliminar