21.9.11

mais um texto sobre amor...

Já parou para pensar? Se sim, deu pela falta de algo? Eu também.
Sinto falta daquilo que eu chamava amor, podendo-o ser ou não...Este mundo me faz questionar cada vez mais o que realmente amor é, ou devia ser.
Não é ser-se um bocado daquela pessoa e essa pessoa pertencer-nos também? Não é ter confiança em nós e naquelas pessoas que tanto amamos, rir com ela e chorar, proteger e ser-se protegido/a por ela, poder partilhar e ouvir, é sentirmos um turbilhão de sentimentos sempre que nos toca, é ter o poder de conseguir ultrapassar tudo só para estar com ela, por ela e por nós próprios. Então porque é que eu cada mais vejo pessoas a separarem-se por cobardia, por mentiras, por erros...Por não saberem amar-se a si e desde aí nunca poderão amar e é assim que alguns perdem o amor das suas vidas.
Talvez a minha ideia do amor esteja errada e é certo que ainda me falta aprender, errar e amar muito...
É pena que nem toda a gente tenha esta ideia do amor, o mundo seria muito mais feliz, não?

p.s- queridos seguidores, peço desculpa pela minha ausência mas sim, ESTOU DE VOLTA!

43 comentários:

  1. digo-te o mesmo, sabes bem disso! que texto lindo *
    amo-te

    ResponderEliminar
  2. nao mesmo!
    sim, tb acho. já vi que as coisas pioraram para o teu lado...

    ResponderEliminar
  3. Concordo ** seria tudo tao mais facil, e mais bonito... mas enfim, as pessoas ja nao gostam de amar.
    Esta lindo o texto **

    P.s: obrigado love.

    ResponderEliminar
  4. Gosto imenso do texto minha querida, lindo ;)

    ResponderEliminar
  5. sei nada ;o tirando ter que o ver todos os dias está tudo igual.

    ResponderEliminar
  6. mas conta-me o que se passou :s mesmo já tento uma ideia...

    ResponderEliminar
  7. Mas eu acredito que lá na sombra... bem la no escurinho, ainda restam algumas decentes, eque nos farão sorrir ** acredita sempre love **

    ResponderEliminar
  8. nao podemos nunca perder a esperança ** e nunca, mas mesmo nunca deixar de amar love, embora por vezes... seja a dor que nos espera.

    ResponderEliminar
  9. nao... mas conta por aqui, eu nao aceito o comentário

    ResponderEliminar
  10. nem sei o que dizer... sabes que estou aqui para tudo o que precisares amor, tens todo o meu apoio.

    ResponderEliminar
  11. concordo... cada vez mais vulgarizam umas das palavras mais bonitas...mas enfim
    quanto a isso da alma gemea... ja acreditei mais, sinceramente, ja perdi a esperança nisso love.

    ResponderEliminar
  12. duvido... mas pronto talvez um dia **
    e a ti tambem, pelo que leio, tb nao andas com muita sorte love

    ResponderEliminar
  13. pois eu reparei nisso love...
    muita força e sorri sempre =)
    nao me conheces, mas o facto de escrever poetry ja diz algo sobre mim xD mas se quiseres falar ou dasabafar , tas a vontade love... sei que faz bem

    ResponderEliminar
  14. infelizmente faz ...
    Obrigado love =) continuarei a seguir querida

    ResponderEliminar
  15. Obrigada querida e bem vinda de volta! :D

    Eu acho que a tua ideia de amor está certa e sem dúvida que uma pessoa que não se ame a si dificilmente ama outra pessoa.

    ResponderEliminar
  16. Pois esqueceram e depois mais tarde sofrem por se terem esquecido de detalhes tão importantes.

    ResponderEliminar
  17. Pois e eu não estava a contar ter aquilo no meu. Aquele aviso aparece-me porque causa de outro blog e agora não sei como tirar aquela merda.

    ResponderEliminar
  18. Eu fiz aquilo tudo querida mas acho que basta deixar de seguir os blog's em que aparece o alerta de vírus. Mas acho que não tens motivos para te preocupares porque quando venho ao teu blog não me aparece o alerta de vírus.

    ResponderEliminar
  19. Muito obrigada por puder contar com a tua opinião e por saber que gostas da história! Um enorme beijinho *

    ResponderEliminar
  20. Vai que pode ser que encontres umas botas iguais :P

    ResponderEliminar
  21. Se fores como eu e tiveres sempre os pés frios com aquelas botas é difícil porque têm pelo por dentro :p

    ResponderEliminar
  22. É como eu! E estas botas por dentro é só pêlo, coisa rara :p

    ResponderEliminar
  23. Muito obrigada meu doce! Um beijinho *

    ResponderEliminar
  24. Eu penso que há muita dificuldade ainda em saber definir o que é amor e o que é paixão.

    ResponderEliminar
  25. oh, está muito giro o texto :)
    vou seguir*

    ResponderEliminar